sábado, 12 de dezembro de 2015

DRAMAS | Você conhece?


Olá pessoal, tudo bem com vocês? Venho com esse post mostrar para vocês um novo universo que você vai (ou não), se apaixonar!

Provavelmente você está se perguntando se isso é uma comida ou uma loja de roupas; talvez também pense que eu estou louca ou simplesmente já ligou o título do post ao gênero drama, usado em livros, séries de TV ou filmes, mas não é sobre nenhuma dessas coisas que você pensou que eu vou falar hoje.

Dramas (ou doramas) são a forma como é chamada uma série de TV oriental, seja japonesa, coreana, tailandesa, chinesa ou os chamados LIVE ACTION, que são filmes com pessoas reais feitos das histórias de mangá, quando essas fazem muito sucesso.

"Mentira que você está vindo com essas coisas asiáticas pra cima da gente, Lauren, não posso acreditar nisso! Sai, série de TV e filme de verdade ou é americano ou britânico!" Oh, senhor, quanto preconceito! Vamos conversar um pouquinho antes de você decidir se gosta, ou não, tudo bem?

Eu assisto dramas a muito tempo (muito mesmo!) e no começo eu achava bem estranho, até porque é bem diferente do que estamos acostumados. Obviamente, as cenas e histórias são criadas e produzidas com base no que eles gostam e se identificam e em como é a cultura deles lá do outro lado do mundo, e isso, de forma alguma, significa que é ruim. É apenas... diferente.

Gif do k-drama Dream High

No meu caso, foi bem fácil me acostumar à maneira deles de produzir séries de tv e filmes, e isso não me fez gostar menos do que temos aqui no ocidente. O negócio é saber separar as coisas.

Os dramas tem a tendência de "exagerarem nas coisas", todas elas, até nas falas dos personagens. É realmente uma forma mais "dramática" de agir e falar, embora não tenha nenhuma correlação com o nome dado à esse tipo de série. Para eles, é claro, isso não é exagero, é simplesmente a forma que agem. Isso, com certeza, é uma das coisas que as pessoas mais estranham e tendem à torcer o nariz quando assistem à dramas aqui. Outro ponto é que as histórias (geralmente, não são todas assim, pelo amor de Deus) têm aquela coisa de "conto de fadas" com um cara perfeito e cenas românticas de declarações em publico, buquês de flores e até serenatas. Vale lembrar que esse tipo de cavalheirismo é beeeeeem mais comum nos países orientais (sério, os meninos fazem essas coisas lá, não todos e não sempre, mas acontece e não é tão incomum assim). De qualquer forma, tudo isso tende a mudar um pouco, dependendo do país de origem do drama que você está assistindo.

Os K-DRAMAS ou dramas coreanos tendem a ser mais fofos e inocentes. É muito difícil você encontrar um beijo mais quente ou cenas fortes em um drama coreano, a maioria deles segue um estilo mais meigo, mesmo em histórias mais sérias, com temas de violência ou ação.

J-DRAMAS ou dramas japoneses, também seguem a linha mais meiga e inocente da coisa, assim como os k-dramas.

Já os TW-DRAMAS ou dramas taiwaneses são um pouco mais liberais nessa parte, embora não sejam tanto quanto estamos acostumados aqui no ocidente.

Outra diferença bem óbvia é que cada drama fala a língua respectiva de seu país, o que você pode ou não notar. Como eu já sou familiarizada com a coisa, consigo perceber as diferenças, mas não é algo que vá incomodar, afinal, vamos todos assistir com legenda mesmo, certo? (chorei, não sei falar nenhuma língua asiática :/)

Gif do k-drama Playful Kiss

Uma outra coisa diferente (e essas vocês vão notar bastante) são coisas "esquisitas" que eles fazem ou falam. Ok, isso vem da cultura deles então é claro que você vai ter que se acostumar e não sair julgando por aí. Por exemplo, casais costumam usar coisas iguais (pode ser um chaveiro, um anel, uma fantasia ou até uma troca de roupas inteira, pois é); as comidas e a forma de comerem são bem diferentes daqui; eles tem uma relação de extremo respeito entre eles, então é incomum eles se cumprimentarem de cara com um abraço ou um beijo no rosto (é, nunca fazem isso); entre outras coisas. Basicamente, se você achar algo muito estranho ou incomum é porque faz parte da cultura deles, então, bem, o que podemos fazer? Talvez quando eles assistem (se, por acaso alguém lá assiste) alguma novela brasileira ou série de tv e filmes ocidentais também achem super estranho.

Sobre as coisas que eles falam, pode ser que em algumas legendas não tenha a tradução de palavras mais comuns ou que não possuem tradução literal. Vou deixar uma lista que encontrei em um post maravilhoso do blog A Garota da Vitrine!

Aegyo: Ser ou agir de maneira fofa.
Ajeossi / Ajusshi: Homem mais velho, senhor. Não é um termo íntimo.
Ajumma: Mulher mais velha, senhora. Não é um termo íntimo.
Annyonghaseyo: Significa olá, mas também pode ser usado como “tudo bem?” dependendo do tom.
Appa/Abeoji: Formas de se referir ao pai. A primeira de maneira carinhosa e a segunda um pouco mais formal.
Aigoo: Palavra que expressa frustração, contrariedade.
Dongsaeng / Dongseng: Irmã ou irmão mais novo. Você também pode se referir a uma pessoa mais nova que você dessa maneira. Só é aplicada a pessoas bem chegadas a você. Não existe restrições a gênero no uso dessa palavra.
Eonni / Unni: Irmã ou amiga mais velha. Apenas usado por garotas. Alguns garotos podem dizer para parecer mais fofo.
Haraboji: Avô
Halmoni: Avó
Hanbok: Roupa tradicional coreana.
Hwaiting /Fighting: Usado para animar alguém. Como a pronúncia do “f” pro coreano é mais difícil, eles adaptaram para “hwa”. Siginifica “força” ou “lute”.
Hyong /Hyung: Irmão mais velho, mas também pode ser usado se referindo a amigos mais velhos. É um termo dito por homens.
Kamsahamnida: Agradecimento de maneira formal.
Nuna /Noona: Irmã mais velha ou aquela melhor amiga mais velha. Apenas usado por garotos.
Omma / eomeoni: Formas de se referir a mãe. A primeira de maneira mas carinhosa e a segunda um pouco mais formal.
Omo: Expressa surpresa, similar a OMG.
Oppa: Irmão, amigo ou namorado mais velho. É usado apenas por garotas.
Pepero day: Similar ao dia dos namorados, é um dia para trocar pepero (é mais ou menos um biscoito coberto com chocolate).
Saranghae: Eu te amo.
Sunbae: Veterano.
Chugule / Chugul-le: – Quer morrer? (expressão muito usada para mostrar raiva ou repreensão).

Gif do k-drama Noble, My Love

"Tá, tá, tá bom... Você me explicou tudo, me disse o que é, como é, algumas diferenças... Ok, mas eu tenho que assistir algum para poder ver se eu gosto ou não. Onde eu encontro essas coisas?" Ah, é assim que se fala!

Existem vários sites por aí que podem exibem dramas online, mas meu favorito é o Drama Fever. Lá você pode assistir gratuitamente com uma conta, mas se quiser, também pode assinar o plano Premium, que permite você assistir o drama em HD e sem comerciais (os comerciais são bem rapidinhos).

A minha lista de indicações de dramas é beeeem longa, mas se querem algumas sugestões, podem começar pelos mais famosos como Boys Over Flowers, que até onde eu me recordo está no Netflix; Koizora, um dos dramas mais lindos e tristes que eu já vi na vida; I Need Romance, que é um pouco mais ousado, se é que me entendem; Secret Garden, que é bem popular, principalmente pela paródia de uma das cenas do drama, com o beijo entre G-Dragon e T.O.P, ambos do boygroup coreano BIGBANG; e é claro, não podia deixar de indicar o que eu estou assistindo nesse momento e é desse ano, Noble, My Love.

Vocês vão perceber que essa lista vai para o lado mais romântico e fofo, mas como eu já disse, existem muitos dramas de ação e violência, se é o que você prefere. Basta dar uma procurada, e com certeza no Drama Fever você vai encontrar.

Espero que não me matem pelo post enorme e que gostem da indicação, lembrando que claramente você não é obrigado a gostar de nada, mas também não precisa xingar, ok? Respeito, galera!

Um beijo e até a próxima!

POR: Lauren

2 comentários:

  1. Oii, tudo bom? Primeira vez aqui!
    Eu não sou uma garota preconceituosa, haha, mas já tentei assistir k-drama e simplesmente eu morro de vergonha alheia de algumas situações nos doramas, principalmente em Boys Over Flowers (era tanta que eu simplesmente não conseguia assistir), porém vou tentar de novo (porque alguns, as vezes, eu aguento!) com Boss & Me que dizem ser muuuuito bom!
    Adorei esse post! Eu sempre fico muito chateada quando uma pessoa diz que algo é ruim sem nunca ter assistido ou lido algo e as pessoas parecem ter muito preconceito com tudo que vem do Oriente.
    Vou até salvar seu post aqui nos favoritos pra ficar olhando o dicionário que você colocou aqui caso desconheça alguma palavra em Boss & Me *-* Enfim, adorei! Post super bacana!
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniele!
      Bom, eu simplesmente AMO doramas... Claro que há situações bem diferentes do que estamos acostumados e às vezes, em algumas cenas, achamos que é um exagero muito grande para pouca coisa, como por exemplo nas cenas mais românticas... Eu já me acostumei e adoro (na verdade, fico tão sem graça quanto eles em cenas assim, acredite se quiser).
      Nunca assisti Boss & Me, mas parece ser legal. Um dorama que eu gostei bastante e também teve essa relação de chefe com "empregada" é She Was Pretty (também está no Drama Fever e tem o Siwon, do SUPER JUNIOR, no elenco principal ♥).
      Enfim, espero que consiga gostar de outros dramas!

      Obrigada pelo carinho e pela visita! Adorei seu blog também ♥

      Excluir

« »
© Razões Literárias - 2015. Todos os direitos reservados. Criado por: Lauren Yorres. Tecnologia do Blogger. imagem-logo