terça-feira, 11 de agosto de 2015

Papo de Leitor #02 - Julgar pela capa: é errado mesmo?


Olá leitores! Como viram no título, hoje vamos falar sobre aquela coisinha bem polêmica entre os leitores por aí afora: julgar pela capa!


Não é nenhuma novidade que isso é uma coisa bem comum. Não vou mentir: a capa sempre me faz ter uma "pré visão" de como será o livro e, se ela não é agradável, eu não tenho vontade de ler.

Para ser sincera, eu sou bem razoável quanto a isso. Mesmo se a capa for 'feia' eu leio a sinopse e procuro saber a opinião de blogs que eu costumo acompanhar para finalmente comprar/ler ou não aquele livro, mas há pessoas que, mesmo que tenham ouvido mil maravilhas do livro, perdem o tesão quando vêem uma capa que não os agrada.

Mas a pergunta é: isso é errado ou não?

Na maioria das vezes sim, pois você pode perder uma história ótima por não gostar de uma simples capa, mas acredito que as editoras, ou quem quer que faça a capa da obra, devem se preocupar com isso.


Vivemos numa época em que tudo é imagem. Me diga quantas vezes você já olhou para um texto enorme, que talvez até era do seu interesse, mas não leu por preguiça? Garanto que se houvessem imagens intercalando um grupo de estrofes você leria com mais facilidade. Parece que o texto é menor e as imagens ainda entretêm o leitor durante a leitura. Isso é fato e é algo presente na nossa geração. Essa teoria pode até explicar as notas baixas em vestibulares, pois esses geralmente não possuem muitas imagens, mas sim um texto grande como enunciado e o aluno tem preguiça de ler ou então não presta atenção na leitura, e assim não consegue resolver a questão.

Mas voltando para os livros, as editoras, tendo ciência do que foi dito acima, precisam realmente investir em capas mais elaboradas ou com um simples bonito. Isso provavelmente aumentaria as vendas, por claramente deixarem o leitor mais interessado no livro.

É claro que é bom exercitar desapegar disso. Já li muitos livros com as capas lindas e uma história ou narrativa que deixavam muito a desejar, como já li ótimos livros os quais as capas não me agradavam. Lógico que isso também é uma questão de gosto: a capa que eu acho bonita, talvez você não ache e vice-versa, mas estou colocando em pautas capas que são realmente mal feitas e/ou feitas de qualquer jeito, como se não fossem importantes.


A capa do seu livro é a porta de entrada para leitores. Se sua capa for bonita e sua história for boa, a pessoa vai se interessar, vai procurar saber, vai gostar, comprar, ler e depois indicar para outras pessoas; no entanto, se a capa foi mal feita ninguém vai nem pegar o seu livro para ler a sinopse ou algo parecido. O ser humano tem dessas de simplesmente julgar sem conhecer nada. Talvez seja da nossa natureza achar que algo que não agrada nossos olhos também não agradará em mais nada, embora muitos quebrem a cara na vida acreditando nisso.

Enfim, aos que possuem aversão exagerada a capas que não agradam, tentem exercitar o interesse por outras coisas, como a sinopse. 80% das chances de você ter certeza que não vai gostar do livro é se não gostar da sinopse, pois ali está o básico do que se trata e de como será o livro. 

Aos que são autores e desejam lançar um livro, estejam atento às capas de suas obras. Lembrem-se que elas chamam bastante atenção, afinal, é a primeira coisa que qualquer leitor vai olhar na hora que pegar o seu livro, não é?

Espero que tenham gostado do nosso Papo de Leitor. Um beijo à todos vocês e até a próxima!

Por: Lauren 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

« »
© Razões Literárias - 2015. Todos os direitos reservados. Criado por: Lauren Yorres. Tecnologia do Blogger. imagem-logo