sábado, 4 de julho de 2015

Papo de Leitor #01 - Tatuagens inspiradas em livros


Olá, leitores! Como o título diz, vamos falar hoje sobre tatuagens inspiradas em livros.


É normal querer demonstrar o nosso amor por algo que nos marcou de alguma forma, independentemente da idade. Para nós, leitores, é ainda mais normal que esse algo seja uma frase ou algo referente à alguma de tantas das obras que lemos e gostamos. Mas, será que vale a pena?

Eu sei que é chato tocar nessa pergunta, mas, por mais que ela pareça de uma mãe chata que não entende o seu amor e carinho pelo livro, ou que talvez não entenda o que ele te proporcionou enquanto lia, temos que admitir que é uma pergunta válida. Quero dizer, daqui a alguns anos, você não vai se arrepender?


Para muitos a resposta vem imediatamente: não. Mas você pode, sim, estar se precipitando, independente do que você sente ou da série de livros que gosta, da banda, ou qualquer outra coisa a qual você deseja fazer uma homenagem em seu corpo.

Vejamos, se eu fosse tatuar qualquer coisa de todos os livros que me marcaram até hoje, eu já seria um gibi humano. Não que eu ache errado - se você acha bonito, quem sou eu para dizer que não é? - mas tatuagem é algo permanente e você não vai querer ficar com vergonha de tal desenho daqui a alguns anos. Os processos para apagar uma tatuagem são bem caros e, muitas vezes, bem doloridos.


O que eu quero dizer aqui é simples. Independente de qualquer coisa, você deve pensar e repensar dez vezes antes de decidir o que, onde, como e quando vai fazer qualquer tatuagem. Deve ser algo que você tenha orgulho de mostrar sempre, e não que você tem vergonha e sempre esconde.

Em primeiro lugar, pesquisar sobre o assunto é algo essencial. Desde o processo da tatuagem, o estúdio onde deseja fazer, até os cuidados que deve ter depois de pronta.

Procure pesquisar desenhos diferentes ou, se você é bom desenhista ou conhece alguém que saiba desenhar, desenhe o seu próprio. Fica original e acredito que diminua um pouco o trabalho do tatuador.


Defina em qual lugar do corpo você quer que a tatuagem seja feita e, se possível, converse com amigos e familiares que já fizeram tatuagens para se preparar melhor.

Tenha paciência e não queira apressar o processo. Essa é uma grande decisão e tem que ser feita com bastante cuidado, mesmo que demore meses.

Se seus pais tem algum problema com tatuagem procure não fazer escondido. Conversar com eles sempre é a melhor opção.

Faça todos os passos e apenas diga a eles que quer fazer uma tatuagem quando tiver as coisas bem planejadas, assim eles percebem que você dedicou um tempo para pesquisar e pensar sobre o assunto, que não só um desejo de passagem, mas sim algo que você realmente quer fazer, algo que você sabe o que é, os perigos, os prós e os contras e, portanto, tem a responsabilidade para assumir. Afinal, tatuagem não é de brincadeira, é algo bem sério.


É normal que seus pais fiquem espantados e não queiram que você faça uma tatuagem. Eles sempre vão querer interceder por você em coisas sérias como essa, pois muitas vezes acham que é desejo de adolescente e querem te poupar de um arrependimento lá na frente. Você pode achar que é implicância, mas é pura preocupação deles.

Tente mostrar para eles que você é responsável e que sabe que esse é um assunto sério, converse bastante com seus pais, mesmo que isso faça com que a tatuagem tenha que esperar um tempo a mais para ser feita. É bem melhor que você tenha um acordo com eles do que ser descoberto e gerar um transtorno depois. Seus pais vão ter mais confiança em você e isso pode ajudar em outros projetos futuros que você deseje fazer.

Depois de explicar tudo aos seus pais, definir o desenho e o estúdio, é só fazer a tatuagem e mostrar para todos com muito orgulho!

Espero que as fotos tenham servido de inspiração para vocês. Aqui vão mais algumas. Um beijo e até o próximo Papo de Leitor ;)

Por: Lauren.











Nenhum comentário:

Postar um comentário

« »
© Razões Literárias - 2015. Todos os direitos reservados. Criado por: Lauren Yorres. Tecnologia do Blogger. imagem-logo