sexta-feira, 6 de março de 2015

Livro - Resenha #04 - Um Homem de Sorte, Nicholas Sparks (NOVO CONCEITO)


Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Páginas: 352
Ano: 2008
Nota:

"Descubra do que é capaz a força avassaladora do destino."


Eu não sou a maior fã de romances, principalmente do estilo "meloso" que Nicholas Sparks costuma escrever, no entanto, esse livro me chamou atenção por vários motivos.

O principal deles, eu posso dizer que foi, sem dúvidas, a forma como o autor trabalha com uma pequena palavra, que, no caso, tem muito significado por trás. O destino.

É meio que uma loucura o fato de Logan Thibault ter encontrado uma foto a qual o impediu, não só uma vez, mas algumas vezes, de não morrer em combate, e, logo após a guerra terminar, ele cismar em procurar a mulher da foto para devolver à ela a tal fotografia a qual serviu de "amuleto da sorte" para o fuzileiro.



Não é como se todo mundo saísse por aí fazendo isso e, o autor até deixa claro que as pessoas as quais sabiam o propósito dessa empreitada maluca (exceto seu melhor amigo e parceiro de combate, o qual acreditava cegamente em destino e era inclusive a pessoa que mais o encorajou a procurar a moça da foto), acharam que ele havia ficado louco. A viagem inteira ele faz a pé, do Colorado até a pequena cidade de Hampton, parando em hotéis e pousadas de vez em quando, acompanhado apenas de Zeus, seu pastor alemão, e a fotografia que o motiva a continuar.

Quando ele, finalmente, encontra Beth, a mulher da foto, um milhão de coisas passaram pela minha cabeça, mais ainda do que já estavam passando e, apesar de já ter uma ideia de como seria o resto do livro, tive algumas surpresas que acabaram me deixando acesa para terminar a leitura.

Beth é divorciada e tem um filho, que é um garoto um pouco solitário, mas alegre. O ex-marido de Beth, Keith Clayton é policial e, apesar de não ser mais marido dela, ele é um tanto obcecado e sempre "coloca para correr" qualquer homem que chega perto de Beth, sem que ela saiba, óbvio. E é claro que com Logan ele tenta fazer o mesmo, mas, para nossa felicidade, não dá muito certo.



O romance deles é bonito, embora demore um pouco para eles realmente estarem num romance propriamente dito. Eu gostei disso. Não é como se do nada eles, puff, se apaixonassem. É algo gradativo, como vemos acontecer na vida real e você realmente chega a pensar que essa história poderia ser verdadeira por causa desse realismo que o autor empregou.

Quanto a narrativa de Nicholas Sparks, todos sabemos que é ótima, assim como a forma como ele trabalha com os personagens (muito bem construídos, por sinal) e com o enredo em si.

Não posso dizer que amei o livro, porque não há "ação" no mesmo e, é claro, porque eu não gosto desse gênero sozinho em uma obra. 

Em geral, o livro é suave, normal e realista. Uma leitura que demora um ou dois dias, no máximo, para terminar, mas que você fica satisfeita quando termina. 

Não foi o tipo de obra que me fez "suspirar", até porque, apesar de ser romance, Thibault não é exatamente o tipo de cara romântico. Ele está mais para o estilo cavalheiro e companheiro, o que combinou totalmente com a trama e com o personagem.  

Óbvio que eu não esperava ação nenhuma, então a obra não foi uma decepção, e, para quem gosta de romances, é uma ótima escolha.
"Todo mundo tem um destino. Você é o meu."

RECOMENDAMOS À:
Como já esperado, recomendamos o livro para quem gosta de romances suaves e bem trabalhados. Quem é fã desse estilo, obviamente já conhece Nicholas Sparks, então já sabe que vai gostar do livro, já que ele um dos melhores autores ever para esse gênero.


VIROU FILME?
Sim! Como muitas das obras de Nicholas Sparks, "Um Homem de Sorte" virou filme! Nosso Logan é estrelado por Zac Efron (que também está na capa da segunda edição do livro) e a Beth por Taylor Schilling. O filme foi lançado em 4 de Maio de 2012 aqui no Brasil e pode ser encontrado em vários sites na internet ou em locadoras por aí. Vale a pena dar uma checada!

Resenha por: Lauren

Nenhum comentário:

Postar um comentário

« »
© Razões Literárias - 2015. Todos os direitos reservados. Criado por: Lauren Yorres. Tecnologia do Blogger. imagem-logo