sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Filme - Resenha #01 - Será Que?


Duração: 102 minutos (cerca de uma hora e meia)
Ano: 2013
Gêneros: Comédia romântica
Classificação indicativa: +12
Atores principais: Daniel Radcliffe e Zoe Kazan
Nota:


Será Que?” conta a história de Wallace e Chantry, dois jovem adultos comuns.

Wallace é um homem solitário e quieto que mora no sótão da irmã e tem um emprego medíocre. Tudo isso porque enquanto estudava medicina namorava uma garota a qual o traiu com o médico e professor deles. Nessas circunstâncias, ele terminou com ela, obviamente, e parou a faculdade.

Depois disso, Wallace acaba passando um ano sem se relacionar com nenhuma garota, até que o melhor amigo dele, Allan, dá uma festa. Lá ele conhece Chantry, a prima de Allan, e começam a conversar. Os dois têm muito em comum, o que gera uma afinidade instantânea, com direito a Wallace levar Chantry até a casa dela depois da festa, mas quando chegam lá, Wallace descobre que Chantry já tem namorado. Obviamente, ele fica desanimado, e por conta disso, joga fora o papel com o telefone de Chantry, que ela havia lhe passado.



Eles acabam se encontrando por acaso no final de uma seção de filme no cinema semanas depois, a qual os dois haviam ido sozinhos. Os dois começam a conversar e ele a acompanha ate a casa dela, onde eles decidem serem apenas amigos.

Eles começam, então, a sair sempre juntos, mas Wallace gosta de Chantry mais do que como uma simples amiga e isso o deixa em um dilema: contar tudo para ela, perder sua amizade e ainda acabar com o namoro da garota, ou não contar nada e sofrer sozinho sendo apenas o amigo do amor da sua vida.

O filme é aquele velho clichê sobre friendzone, muito bom para assistir com os amigos ou numa tarde preguiçosa. Suave, engraçado e fofo, “Será Que?” te prende do começo ao fim, enquanto te arranca risadas e vários “awn”.




Apesar de ser uma comédia romântica um tanto clichê, eu amei esse filme, mesmo não sendo o meu gênero de filme favorito. Obviamente, o filme tem todas as as características de outras comedias românticas: a parte trágica, onde acontece alguma coisa ruim; tem o romance, que nessa história não foi muito meloso (um dos pontos positivos principais, na minha opinião) e claro que tem a parte engraçadinha que te faz rir bastante, até por que senão, não seria uma comedia romântica.

Uma das coisas que eu achei mais bem construídas no filme foram as personalidades dos personagens. Daniel Radcliffe conseguiu, mais uma vez, fazer um ótimo trabalho com seu personagem Wallace, o qual tem um jeito quieto e tímido na maior parte do tempo e com um certo humor irônico de vez em quando, o qual te faz se apaixonar completamente por ele; Zoe Kazan também mandou bem. Sua personagem, Chantry, apesar de meio bobinha (o que não é algo ruim de acordo com o enredo), é engraçada e bem animada.

Os personagens “menos importantes”, como Allan, o imaturo melhor amigo de Wallace; Nicole, a doidinha namorada de Allan; Dalia, a irmã de Chantry, a qual me deu uma raiva inexplicável e Ben, o namorado um tanto sem sal de Chantry, foram igualmente bem trabalhados e dão uma boa sustentação ao filme.



Outra coisa que eu achei interessante foi uma bonequinha com asas que aparece em algumas cenas como uma animação. A bonequinha, no caso, é Chantry, já que ela trabalha com animação gráfica e, cara, isso super combinou com o filme.

O humor da bonequinha está sempre de acordo com o humor da Chantry, então, se Chantry está triste, a bonequinha aparece chorando e etc. Apesar de ser um detalhe simples, eu me apaixonei por isso!

Mesmo sendo um filme com as mesmas características que mil outros, vale muito a pena assistir, seja sozinho, com os amigos, com a família ou com seu namorado ou namorada.


RECOMENDAMOS À:
Obviamente, recomendamos “Será Que?” para vocês que curtem comédia romântica ou um romance mais fofinho, com uma história clichê e encantadora.

Resenha por: Bia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

« »
© Razões Literárias - 2015. Todos os direitos reservados. Criado por: Lauren Yorres. Tecnologia do Blogger. imagem-logo